terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

ENTREVISTA EXCLUSIVA: SYLVAIN GRAGLIA, ATACANTE DA SELEÇÃO TAITIANA

A Champions League Oceania começou, e vários clubes sonham em conquistar a glória máxima do continente. Sem grandes receitas e longe do centro das atenções do futebol, o Zona Esportiva em parceria com CarcaráNet, embarcou ao Taiti para contar a história de um atleta que vem sendo destaque na Champions Oceania e no futebol taitiano.

Por Xande Pessoa
19/02/2019 - 11:14

No final da matéria, segue as imagens da entrevista em Francês.

At the end of the article, follow the images of the interview in French.

É com exclusividade que o Zona Esportiva e o Carcará Net, apresentam esta entrevista. Hoje o torcedor brasileiro vai conhecer um pouco do atacante Sylvain Graglia, 29 anos, nascido na França, mas que atua no futebol do Taiti, e é naturalizado taitiano.

Graglia comemorando um dos gols na Champions 2019
Antes de falar do Graglia, vamos lembrar que o futebol do Taiti ficou conhecido no Brasil, após a passagem da seleção taitiana na Copa das Confederações em 2013, um grande feito na história do país. De lá pra cá, acredito que poucos brasileiros buscaram informações sobre o futebol do Taiti e sua seleção. Mas o Zona Esportiva junto com Carcará Net, e outras páginas que fazem o famoso "futebol alternativo", seguiram em cima do lance em busca de novidades, e informações.

O Zona Esportiva vem fazendo a cobertura dos jogos da Champions League Oceania, e na competição se deparou com esse rapaz, Sylvain Graglia, que marcou 5 gols em 2 jogos, e garantiu a classificação do AS Central Sport para as quartas de final da Champions. Dai despertou a curiosidade para saber quem é Sylvain Graglia, fomos atrás, e o procuramos no Instagram, na página oficial do seu clube, e acabamos o encontrando no Facebook, após uma marcação da página oficial da Confederação Oceânica de Futebol (OFC).

Ao entrar em contato, o atacante nos atendeu educadamente e aceitou conversar com o Zona Esportiva. Graglia atua no AS Central Sport, atual campeão do Taiti, mas passou pelo Cannes, equipe francesa, e atuou também no Tefana, e no Dragon, equipes tradicionais do Taiti. Na temporada 2018-2019, ficou fora do início do conta de  lesão, mas recuperado marcou 12 gols em 11 jogos, média muito boa. A partir de agora, deixo vocês com a entrevista, Xande Pessoa e Sylvain Graglia:

Xande Pessoa - Sylvain, você tem sido um dos destaques da Liga dos Campeões da Oceania, o AS Central Sport conseguiu uma classificação importante para a segunda fase. Como você avalia o bom momento da equipe, na principal competição do continente?

Sylvain Graglia - Chegamos nas Ilhas Fiji, oito dias antes do início do torneio, fizemos uma preparação muito boa. Somos uma equipe de solidariedade que não desiste de nada, eu acho que isso é o que nos faz fortes.

Xande Pessoa - Você é um dos artilheiros na atual Liga dos Campeões, mas na temporada 2017-2018, você marcou 25 gols e segue o bom desempenho em 2019. Qual é o segredo de Sylvain Graglia, o artilheiro?

Sylvain Graglia - Marquei 25 gols na liga 2017/2018. Tive um começo difícil no campeonato com uma lesão longa que me afastou do campo por dois meses. Meu objetivo era preparar o máximo possível para a Liga dos Campeões OFC, a preparação física é a mais importante para mim, se eu for fisicamente bem, vou marcar muitos gols. Eu sou o atacante, então o mais importante é marcar gols para ajudar o time a vencer.

Xande Pessoa - O Central Sport agora vai focar no campeonato nacional. A campanha tem sido regular, mas por enquanto, a equipe estar ficando fora da Liga dos campeões de 2020. Qual objetivo da equipe em nível nacional? a boa campanha na 1ª fase da Liga dos Campeões 2019 motivou o elenco? acredita em uma reação, começando no sábado contra o líder Vênus?

Sylvain Graglia - Sim, tivemos um começo complicado no campeonato com muitas partidas e muitos contusões, mas ainda estamos na corrida pela qualificação para a Liga dos Campeões de 2020.
Sim, a boa campanha na Liga dos Campeões nos fez bem e vai nos ajudar no resto do campeonato e no sábado contra o Vênus.

Xande Pessoa - Você faz parte da seleção do Taiti, uma seleção que chegou ao Brasil em 2013. As eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e a Copa das Confederações 2021 estão chegando, qual é o seu objetivo com a camisa da seleção nacional? Você acha que a seleção atual pode surpreender como aconteceu em 2013? 

Sylvain Graglia - A seleção nacional é muito importante para mim, é um orgulho poder usar essa camisa e representar o seu país.
O objetivo é ganhar a Copa das Nações para nos permitir acessar a Copa das Confederações, é muito difícil, mas já conseguimos esse feito então por que ainda não chegou!
Infelizmente estamos muito isolados, e nunca fazemos amistoso, é difícil para a preparação para uma grande competição internacional.

Xande Pessoa - Quantos gols você tem com a camisa da seleção?

Sylvain Graglia - Eu estou na seleção apenas por 2 anos, porque eu tive que viver cinco anos no Taiti para ser convocado. Eu participei de 6 jogos com a seleção, 4 nas eliminatórias para Copa do Mundo e 2 jogos amistosos, marquei 2 gols

Xande Pessoa - Você é francês de Cannes e até jogou nas divisões de base do AS Cannes. Mas antes de chegar no Taiti e se naturalizar, você chegou atuar em algum clube francês ou foi seu primeiro clube profissional foi o AS Dragon em 2012?

Sylvain Graglia - Eu estava no centro de treinamento do AS Cannes e depois estive como reserva da equipe profissional do AS Cannes. Então cheguei no Taiti em 2011 e assinei com o AS Dragon.
Xande Pessoa - Quais títulos você conquistou na carreira?

Sylvain Graglia - Cinco títulos nacional no Taiti, 2 com Tefana, 2 com Dragon, e 1 com Central Sport.

Xande Pessoa - Para encerrar, deixei espaço para o público te fazer perguntas:

Público - Você conhece o futebol brasileiro? Se sim, qual jogador do nosso país, você poderia destacar?

Sylvain Graglia - Sim. Sou fã de toda essa técnica. Jovem, atacante e rápido! O jogador que eu admiro no momento é Vinicius Junior!

Público - Você sonha em jogar por um clube de futebol europeu?

Sylvain Graglia - Sim, sonho com um clube europeu, mas o nível é muito alto. Se eu tiver a oportunidade, por que não viver uma experiência em um clube do continente americano ou asiático!

Xande Pessoa - E finalmente, quais são seus sonhos depois da sua carreira esportiva?

Sylvain Graglia - Desejo me formar como treinador.

Xande Pessoa - Sylvain, muito obrigado por falar comigo. Desejo-lhe boa sorte em sua carreira. Espero que o AS Central Sport vá longe na Champions League. Quem sabe o Central Sport não enfrenta uma equipe brasileira ou européia no Mundial de Clubes. Muito obrigado.

Sylvain Graglia - Muito obrigado pelo seu interesse no futebol da Oceania! Boa sorte. Ate breve, Obrigado!

Agora Graglia e o Central Sport, vão dar seguimento no campeonato nacional do Taiti, onde estão brigando por uma vaga na Champions 2020. Desejamos sorte e prosperidade ao atleta, e que o AS Central Sport consiga os objetivos na atual temporada.

Sylvain Graglia nos três grandes clubes do Taiti: Dragon, Tefana e Central Sport





quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

SALGUEIRO E JUAZEIRENSE, DUELO SERTANEJO NA PRÉ-TEMPORADA

Hoje, quinta-feira, dia 21 de janeiro, o Salgueiro enfrenta a equipe da Juazeirense em mais um jogo preparatório para as competições oficiais da temporada 2019. A partida será realizada no estádio Cornélio de Barros as 16h, a entrada custará R$ 10,00.

Por Xande Pessoa

Mais uma vez, Salgueiro e Juazeirense entram em rota de colisão dessa vez será no amistoso desta quinta-feira. Na temporada 2018, o Carcará e o Cancão de Fogo se enfrentam em cinco oportunidades, um amistoso, duas partidas na Série C e duas partidas no pré-Nordestão, com o Salgueiro Atlético Clube conseguindo sair invicto dos confrontos, duas vitórias e três empates.

Agora em 2019 a situação é diferente, as duas equipes acabaram sendo rebaixadas na Série C 2018 e buscam a reconstrução nessa nova temporada. Apesar do rendimento na última temporada, Salgueiro e Juazeirense são as duas equipes do sertão de melhor pontuação no ranking da CBF, isso mostra a força do Cancão e Carcará dentro da região sertaneja.

Para este confronto o treinador Sérgio China não deve contar com o volante Felipe Macena que se recupera de uma cirurgia na mão, por outro lado terá como opção o lateral Léo Carioca que deve fazer sua estreia, e o zagueiro Feliphe Gabriel recém contratado que poder ser relacionado.

A Juazeirense chega a Salgueiro com alguns nomes conhecidos do futebol pernambucano, como o meia Bismarck, ex-Santa Cruz e Campinense. O Cancão de Fogo terá o Salgueiro como grande teste da pré-temporada, já que ate então, apenas enfrentou seleções de cidades baianas.


terça-feira, 27 de novembro de 2018

2019: Não será um ano atípico para o Carcará


Por: Daniel Fernandes, @danfernandesz.


 O ano de 2018 para o Carcará não se deu como em outrora, o cenário para 2019 não é insólito, pois não tão longínquo em 2013 após dois rebaixamentos subsequentes em 2011 e 2012, o Salgueiro se viu na série D. A conjuntura pode ter mudado um pouco, pois desde 2014 o Carcará buscava a volta para a série B com futebol bem vistoso, contextualizando, não posso considerar 2018 um hiato na história, no momento a realidade do clube era de mudança geral; com uma receita menor, foi desmontada uma base que jogava há muito tempo juntos e jogadores novos que precisariam se adaptar a filosofia que o Carcará propusera.

 A transição não foi positiva e o Salgueiro pela segunda vez na sua história jogará a série D. Que não é o fim do mundo para o clube e nem para clube nenhum, o CSA de Alagoas em 2016 jogava a série D e hoje é recém-promovido para elite do Futebol brasileiro com a folha de 450 mil mensais, não jogara a série A há 18 anos, inspiração não falta! A série D, pode e deve trazer um toque de realidade ao clube.

 A Diretoria já acordou, contratou pontuais jogadores para suprir egressos de até mesmo ídolos como o goleiro Mondragon, para substituí-lo trouxe o experiente goleiro Gideão, ex Náutico. Equívocos deverão acontecer, o clube mais uma vez não mantém a base e irá com um plantel renovado, é esperar que no Estadual o time já possa se encontrar com as novas peças, dessa vez o Carcará não entra como um favorito no Estadual como nos últimos anos, que chegara a final por duas vezes, fora derrotado por Sport e Santa Cruz, com o futebol igual ou superior a esses clubes.

Resumindo: O ano de 2019 não é tão atípico como proposto no título, o planejamento se dá como é habitual, respeitando a folha e todos os outros pontos do que é de praxe. 


 Carcará Net pergunta – Deveríamos ter um PODCAST do Carcará para comentarmos o pós-jogo ?

domingo, 25 de novembro de 2018

CONFIRA OS REFORÇOS DO SALGUEIRO AC

Alô torcedor Salgueirense, hoje vamos falar um pouco dos reforços do Carcará visando a temporada 2019. Confira abaixo:

Por Xande Pessoa - 25/11/2018, 08:40.
Atualizado: 12/12/2018, 12:14.


Nome: Gideão
Idade: 30 anos
Posição: Goleiro
Altura: 190cm
Peso: 87 kg

Clubes: Altos, Tupi, Boavista/POR, Moreirense/POR, Náutico, Centro Limoeirense, Potiguar, Atlético Pernambucano e Vera Cruz
Em 2018, 23 jogos.




Nome: Guilherme Lucena
Idade: 24 anos
Posição: Lateral Direito
Altura: 173cm
Peso: 68 kg

Clubes: Cianorte, Campinense, Náutico, Rio Claro e Sampaio Corrêa.
Em 2018, 6 jogos.




Nome: Igor João
Idade: 25 anos
Posição: Zagueiro
Altura: 184cm
Peso: 79 kg

Clubes: Remo, Paraubebas, Gremio Anapolis, São Raimundo, Castanhal, Macaé, Desportiva Paraense e Independente.
Em 2018, fez 18 jogos.

Nome: Jamerson
Idade: 24 anos
Posição: Zagueiro
Altura: 188cm
Peso: 81 kg

Clubes: América RN, Duque de Caxias e Globo
Em 2018, fez 20 jogos.



Nome: Felipe Macena
Idade: 25 anos
Posição: Volante
Altura: 173cm
Peso: 66 kg

Clubes: Campinense, América RN, Remo, Altos, Vila Nova, Globo e Carpina.
Em 2018, 21 jogos.




Nome: Bruno Sena
Idade: 25 anos
Posição: Volante
Altura: 175cm
Peso: 72 kg

Clubes: Inter de Lages, Tricordiano e Blumenau.
Em 2018, fez 23 jogos.





Nome: Tarcisio
Idade: 26 anos
Posição: Meia
Altura: 171cm
Peso: 68 kg

Clubes: Belo Jardim, Atlético Pernambucano, Sousa, Flamengo PE, Botafogo PB, Santa Rita, Decisão, Afogados e Ypiranga.
Em 2018, fez 20 jogos.



Nome: Cássio Ortega
Idade: 27 anos
Posição: Meia
Altura: 174cm
Peso: 69 kg

Clubes: Ypiranga Erechim, Petrolina, Mirassol, Fortaleza e Tombense.
Em 2018, fez 29 jogos.




Nome: Filipinho
Idade: ??
Posição: Meia
Altura: ??
Peso: ??

Clubes: Náutico
Em 2018, fez ?? jogos.




Nome: Renato Henrique
Idade: 25 anos
Posição: Atacante
Altura: 179cm
Peso: 78 kg

Clubes: Desportivo Brasil, Guarani, Boa Esporte, Náutico e Palmeiras.
Em 2018, 13 jogos e 2 gols.




Nome: Muller Fernandes
Idade: 29 anos
Posição: Atacante
Altura: 175cm
Peso: 79 kg

Clubes: Campinense, Capivariano, Ermis Aradippou/CHP, Botafogo PB, Ceará, Santo André, Belo Jardim, Sousa, América PE e Crato.
Em 2018, 17 jogos e 4 gols.


Nome: Thomas Anderson
Idade: 30 anos
Posição: Atacante
Altura: 172cm
Peso: 67 kg

Clubes: Santa Cruz, Crato, Marilia, Olinda, Ypiranga, Pesqueira, Centro Limoeirense, Santa Cruz RN, Mogi Mirim, Serra Talhada, Guarani de Juazeiro, Itabaiana, Vitória. Cianorte e Cambé
Em 2018, 18 jogos e 7 gols.



Nome: Daniel Passira
Idade: 22 anos
Posição: Atacante
Altura: ??
Peso: ??

Clubes: Centro Limoeirense
Em 2018, 12 jogos e 7 gols.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

ATENÇÃO: Carcará Net e Salgueiro 2019

Nesta terça-feira (30), o Carcará Net retoma suas atividades, visando à temporada 2019. Iniciamos o novo rumo no Carcará Net, com uma autocrítica, e uma análise para o próximo ano. Avante Salgueiro Atlético Clube.

Por Xande Pessoa
Texto atualizado: 30/10/2018, 11:12.

CARCARÁ NET: AUTOCRÍTICA E MUDANÇAS

O nosso trabalho em 2019 será um pouco diferente das últimas temporadas, o torcedor verá um Carcará Net com muita dedicação, mas também com muita consciência e precaução. Assumimos abertamente que em 2018 passamos dos limites em alguns momentos, pegamos pesado em análises e fizemos alguns "julgamentos" precipitados.

Pedimos desculpas aos profissionais que foram "ofendidos" por nos nesta temporada, onde os ânimos inflamaram, e a emoção foi mais forte que a razão. Ao final da temporada, tiramos um período de férias, deixando as redes sociais do Carcará Net inativas e fizemos uma autocrítica profunda do nosso trabalho, e concluímos que erramos.

Além dos erros, tivemos acertos e conquistas, estamos dispostos a virar a página e seguir em frente de uma forma mais conscientizada e madura de fazer o jornalismo esportivo. O Carcará Net novamente está engajado para cooperar com o Salgueiro Atlético Clube, e os anseios de seus torcedores, na base do respeito, amizade e profissionalismo.

Na abertura desse novo ciclo queremos deixar bem claro uma situação: Não somos a página oficial do clube. Todos os redatores que fazem parte da equipe do Carcará Net, não são formados em jornalismo, fazem um trabalho 100% voluntário, com tempo limitadíssimo e com o sentimento de torcedor. Não nos cobrem um trabalho semelhante as páginas oficiais do clube, pois não somos.

Amamos o Salgueiro Atlético Clube, por isso estamos aqui fazendo um trabalho totalmente voluntário para os torcedores que se sentem "escassos" de informações nas redes sociais. Confira como serão utilizadas as redes sociais em 2019:

Twitter: rede social mais ativa do Carcará Net, onde fazemos o tempo real dos jogos e a maior parte das análises. Twitter também é a única rede social onde interagimos com outras contas, fazemos brincadeiras e resenhamos tudo dentro do humor e na esportiva.

Facebook: rede social de maior alcance do Carcará Net, local onde também fazemos análises e cobrimos os gols dos jogos.

Instagram: rede social que ainda vem crescendo, utilizamos o Instagram para compartilhar notícias do Twitter e Facebook, onde também cobrimos os gols dos jogos.

Blog: local onde o torcedor vai encontrar matérias, resumos, estatísticas, tabelas, classificações, rivalidades e elenco.

SALGUEIRO 2019

O Carcará Net inicia seu novo ciclo voltado ao torcedor salgueirense, com informações, opiniões e independência. Estamos cobrindo o Salgueiro Atlético Clube desde 2012, neste período vivemos vários momentos e sentimentos diferentes, como felicidade e tristeza, mas nunca nos abatemos pois, sempre levantamos a cabeça e seguimos em frente.

Sabemos que 2018 foi um ano complicado, onde enfrentamos de fato a decepção, a tristeza e a dor, como goleadas e o rebaixamento para Série D. Mas torcedor, chegou a hora de virarmos a página e pensar no futuro, vamos juntos fazer o Salgueiro voltar ao seu caminho de vitórias e conquistas,

Em 2019, o Salgueiro terá um ano complicado e isso tem que ser compreendido por todos os torcedores. Na próxima temporada, a participação da torcida será fundamental para o mantimento do Carcará, então é preciso o torcedor contribuir financeiramente neste momento tão importante, comprando ingresso, comparecendo aos jogos, adquirindo o material oficial do clube e se associando.

Neste momento o clube precisa de união, e qualquer ajuda vindo por parte de nós torcedores é válida. 2019 será um ano de reestruturação, sabemos das limitações financeiras e falta de patrocínio, mas novamente depositamos nossa confiança nos dirigentes do clube, para que o Salgueiro volte ao caminho vencedor.

Na próxima temporada disputaremos três competições: Copa do Nordeste, Campeonato Pernambucano e Série D. Apesar das dificuldades financeiras, o torcedor sempre espera uma equipe competitiva dentro da realidade do clube, ficamos no aguardo por novidades nas questões de renovações, saídas e contratações.

O Carcará Net e todos os torcedores do Salgueiro estão novamente unidos nessa caminhada, rumo a temporada 2019, onde acreditamos que será o recomeço do nosso Salgueiro Atlético Clube, o temido Carcará do Sertão.




segunda-feira, 29 de outubro de 2018

CARCARÁ NET, VERSÃO 2019.

CARCARÁ NET, VERSÃO 2019.

SITE ATUALIZADO, CONFIRA AS PÁGINAS. EM BREVE NOTÍCIAS SOBRE O FUTEBOL 2019 DO SALGUEIRO ATLÉTICO CLUBE.

POR: XANDE PESSOA


sábado, 17 de fevereiro de 2018

Paulo Junior foi injustiçado no Salgueiro ?

    Paulo Junior é demitido do comando técnico do Carcará!


  As críticas sobre o treinador do Carcará, principalmente nas mídias sociais e parte da mídia salgueirense, deixa a pergunta; Paulo Junior herdou uma herança maldita de um clube que praticamente se desfez depois da última temporada ou faz um mau trabalho ? O meio-termo é o mais interessante desse aprazível tema, já que o técnico participou da pré-temporada e do planejamento do clube e sobre a pré-temporada deu até uma nota, um SETE, e quem gosta de SETE é universitário. Claro que o planejamento não foi igual os outros anos, já que teve diminuição da folha salarial e vários jogadores que eram importantíssimos para o clube saíram, logo outras peças chegaram e fizeram a pré-temporada avaliada com um SETE, não há nenhuma nota SETE entusiasmada, mas essa foi até demais aos nossos olhos; mas a ótica que ele viu, foi ele que viu.
Após o jogo contra o Náutico sub-20 que o Salgueiro acabou sendo goleado, nosso companheiro Xande Pessoa apontou variados erros em todo o time do Carcará, demonstrou por meio de imagens erros e mais erros da equipe, imagens essas que outra vez foi levado em consideração no comentário do nosso amigo Darlando Barros, que ressaltou que o time não vem evoluindo e lembrou das imagens daquele fatídico jogo. 
  Na copa do Nordeste vem sendo uma presa fácil para os adversários, até mesmo no Salgueirão não conseguiu apresentar um futebol agradável. Goleado pelo Sampaio Corrêa e derrotado em casa pelo Ceará.
  A classificação para a segunda fase da copa do Brasil veio aos trancos e barrancos, apesar de um jogo com muitos gols (Que lembra jogos bonitos), foi um jogo trágico onde o Carcará jogou muito mal, mas conseguiu a classificação em uma bola parada com Escuro. 
  Já na segunda fase foi massacrado pelo Fluminense no Engenhão, o Salgueiro que se tornava um colosso nesses jogos, foi time franzino e sem chance nenhuma. 
  No Pernambucano, 40% de aproveitamento, 1 vitória, 3 empates e 1 derrota. Nenhuma vitória em casa, massacrado pelo sub-20 do Clube Náutico Capibaribe e nenhuma vitória em cima do tridente da capital (É válido, porque virou rotina noticiar em outros tempos). 
  Em momento nenhum quero ser injusto com o treinador ou com os jogadores, estou tentando passar uma mensagem que muitos torcedores querem passar. #ForaPauloJunior já era de uma dimensão grande após duas goleadas por 4 a 0, porém depois da eliminação pro Fluminense, ela foi elevada a última potência (Creio eu, que nem pela desclassificação, mas sim pela forma da desclassificação). Foram 13 gols tomados em 3 jogos, é vergonhoso. 
  É quase uma unanimidade que a torcida não queria Paulo Junior à frente do comando técnico do Carcará, quase, porque há uma parte que fala que o problema não é só Paulo Junior (Que devemos concordar, isso é fato), mas devemos lembrar que ele foi insistente e que tinha peças no banco que preferiu não usar, a insistência o levou a resultados horríveis e nenhum avanço ou entrosamento. 
  Paulo, é acima de tudo um profissional e sabemos que ele deu o o máximo que pôde para ajudar o Carcará, mas a máxima disso tudo é lembrar que não deu certo.

Foto: Emerson Rocha, Globo Esporte